The complex mission to watch an eclipse

I’ve always been super fascinated with eclipses, especially solar ones. I had never had a chance to experience a total solar eclipse, which always made me sad. There was a big one nearby on June 30, 1992. I was 11 years old. Just a couple days before, I had a serious kidney failure and I got admitted to a hospital for two weeks. I was just 230 km from the totality zone and I missed it. I remember very well to have asked the nurses to watch the partial eclipse from a hospital window, but the day was overcast. 🙁 There was another one on November 3, 1994. I was 375 km from the totality zone, but I couldn’t go either. The day was perfect though and I watched the moon partially covering the sun from my school. I never forgot that moment. I had to wait 23 more years to see a big one.

Continue reading “The complex mission to watch an eclipse”

Celebrando 20 anos de carreira

Mais ou menos 20 anos atrás, final de 1995 – início de 1996, eu estava começando o que acabou se tornando uma carreira de muito sucesso. Diferente de tudo que lemos em livros sobre como construir uma carreira, eu tomei um caminho bastante alternativo para chegar onde estou hoje. O resto do texto é longo, mas é a estória da minha vida profissional e eu não poderia passar este importante marco sem escrever a respeito.

Continue reading “Celebrando 20 anos de carreira”

O Sonho Americano – O Preço das Coisas

Uma das maiores revoltas de todos os brasileiros é o preço pago pelas coisas no Brasil, comparado ao resto do mundo. Essa discrepância tem ficado muito mais visível nos últimos anos com o fácil acesso a informação via Internet e também pela ascensão social que o Brasil tem vivido.

Comparar preços de coisas entre dois países usando meramente a taxa de câmbio só serve para os propósitos de turismo e comércio internacional, por exemplo brasileiros comprando coisas nos Estados Unidos e vice-versa. Para de fato comparar dois países, o mais correto a fazer é comparar o poder aquisitivo de cada nação. Caro e barato é algo extremamente relativo. Na prática, o que interessa para a grande maioria das pessoas é o quanto se precisa trabalhar para se alcançar algo.

Continue reading “O Sonho Americano – O Preço das Coisas”

O Sonho Americano – parte 3

Leia também os posts anteriores: parte 1 e parte 2.

Vou falar sobre comida neste post, pois comida é algo importante quando a gente viaja, e para algumas pessoas talvez seja até o principal motivo de se realizar uma viagem, ou até mesmo evitá-la.

Comida nos EUA é um negócio interessante, porque não existe exatamente o prato típico do país, nem mesmo um prato típico aqui da Califórnia. É difícil explicar a razão disso, mas eu acredito que um dos fatores seja imigratório. Com gente vindo de tantos lugares diferentes do mundo, não é simples formar um consenso.

Continue reading “O Sonho Americano – parte 3”

O Sonho Americano – parte 2

Continuando a série de posts sobre a vida nos Estados Unidos, falo neste post sobre cultura, amizades, diversidade e imigração.

Leia também o primeiro post da série.

Vale lembrar que o meu objetivo com estes posts não é formar opinião de ninguém. Apenas quero contar as coisas a partir da minha perspectiva, vivendo aqui há mais de dois anos, e tendo visitado o país inúmeras vezes nos últimos 11 anos.

Continue reading “O Sonho Americano – parte 2”